O governo federal e o caos

julho 28, 2007 às 3:26 am | Publicado em brasil, nerdices, problema | 11 Comentários
Tags:

Como um morador de São Paulo e um cidadão que passa em frente ao local do acidente frequentemente, não pude deixar de escrever sobre isto. Este não é um post com fotos dos corpos mutilados do acidente, muito menos de alguém contando uma história do conhecido do conhecido do meu primo que quase morreu no acidente. É apenas um espaço para pensar.

Levei um pouco mais de uma semana depois do acidente para escrever essas bobagens, simplesmente por achar que tudo estaria um “pouco melhor explicado”. Me enganei. Nada está resolvido e nada parece que vai ser resolvido. Ninguém resolveu nada e ninguém quer resolver nada.

Tudo começou com o acidente em si. Pessoas morreram, pessoas choraram e algum tempo depois o Presidente já proferia suas indiferentes palavras. Aliás, agora todo mundo está entendido de aviação: “Se a pista tivesse grooving, o acidente poderia não acontecer.”, “A pista estava inadequada para pouso, tinha uma lâmina de 3 milímetros de água!”. Ninguém sabe nem ao certo o que é o grooving, muito menos conseguem medir a espessura de água que estava na pista a olho nu e já saem falando suas besteiras por aí. Bem, vamos ao que interessa.

Alguns dias depois do acidente, quando os ânimos já estavam tentando se acalmar, era hora de procurar a caixa-preta. Para quem não sabe, o pessoal encarregado de procurar a caixa-preta e mandá-la para os EUA são os militares da Aeronáutica brasileira. Dois dias depois, surge nos noticiários nacionais que o que mandaram para os EUA não era uma caixa-preta. Vamos levantar uma pergunta simples: será que o pessoal da Aeronáutica (aeronáutica, para quem não sabe, é um órgão militar que trabalha com aviões) não sabe o que é uma caixa-preta?

O CREA está mandando um email para os engenheiros de São Paulo falando sobre o acidente (CREA é o conselho dos engenheiros, arquitetos e agrônomos). Nesse email, eles dizem que a pista do acidente estava sendo reformada e que ela não tinha o tal do grooving. Como a pista tinha passado por um período de reformas algum tempo antes, eles tinham que esperar 45 dias para fazer o grooving, prazo que ainda estava sendo cumprido. A decisão de abrir a pista que não deveria ser aberta foi, portanto, da Infraero, que assumiu a responsabilidade de tudo.

Mais algum tempo se passou e outra palhaçada apareceu na mídia. O assessor especial do presidente da República, Marco Aurélio Garcia e Bruno Gaspar fazem um gesto obceno. Para esclarecer, vou explicar. Ambos viram na televisão que surgira uma hipótese de que o acidente fora causado por uma falha do avião/TAM, o que poderia tirá-los da confusão. Pronto, os dois decidiram comemorar com os gestos de “Se fuderam” e “Chupa negão”, respectivamente.

Por fim, a caixa-preta foi aberta e seu conteúdo mágico revelado, porém ela não será de domínio público por decisão dos integrantes do Governo Federal do Brasil. Isso tudo me levantou algumas questões:

Será que estão escondendo alguma coisa?
E o presidente Lula vai sair ileso DE NOVO perante todas esses indícios de incompetência dos órgãos federais (Aeronáutica, assessores, Infraero)?

PS: Nem citei a frase da Marta Suplicy. Queria ver mandarem ela para uma ilha deserta ouvindo uma musiquinha do Xupla num volume prejudicial ao ouvido humano pra ver se ela “relaxa e goza”.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.